LAQV REQUIMTE

Investigadoras do LAQV são homenageadas no livro Mulheres na Ciência 2023

Back to list

As investigadoras do LAQV Eduarda Fernandes, Liliana Tomé, Maria Beatriz Prior Pinto Oliveira, Sónia Carabineiro e Susana Soares estão a figurar na lista de mulheres em destaque no 4.º volume do livro “Mulheres na Ciência”, da Ciência Viva, lançado hoje, data em que se celebra o Dia Internacional das Mulheres. O livro reúne 101 retratos de investigadoras de diferentes gerações e áreas do conhecimento. “Mulheres na Ciência” é um projeto importante porque, para além de dar a conhecer os percursos de sucesso destas mulheres cientistas, tem o objetivo de inspirar jovens a seguir a sua vocação. As mulheres cientistas portuguesas representam mais de 50% do total de investigadores e realizam um trabalho fundamental para o progresso da Ciência e Tecnologia nacionais.

“As mulheres têm desempenhado um papel fundamental na Ciência ao longo da História. Muitas mulheres notáveis fizeram contribuições significativas em diversas áreas de conhecimento, ainda que muitas vezes tenham sido subestimadas e subvalorizadas. Embora tenhamos evoluído bastante como sociedade nos últimos tempos, ainda há um longo caminho a percorrer para garantir a inclusão e reconhecimento das mulheres em todas as áreas. Uma igualdade de oportunidades é essencial para garantir que as mulheres possam ter um papel mais proeminente e influente na Ciência e na sociedade”, afirma Sónia Carabineiro.

Link para o livro: https://www.cienciaviva.pt/mulheresnaciencia/#pesquisa

Eduarda Fernandes

EU SOU FARMACÊUTICA

A minha aspiração, desde sempre, tem sido contribuir para a promoção e melhoria da qualidade de vida das pessoas. Tenho-o feito enquanto docente universitária e investigadora na área da química farmacêutica. O meu fascínio pelo desenvolvimento, implementação e aplicação de metodologias para a descoberta de novos fármacos tem sido a minha força motriz. O sucesso dos meus estudantes e do grupo de investigação, que ao longo dos anos me tem acompanhado nesta caminhada profissional, torna-me feliz e realizada.

 Liliana Tomé

EU SOU QUÍMICA DE MATERIAIS

O que me move na ciência é a vontade de abraçar novos desafios e o prazer que é descobrir novas funcionalidades de materiais poliméricos. O desenvolvimento de materiais mais eficientes e a exploração das suas propriedades, focando desde polímeros de base natural a materiais derivados de líquidos iónicos, são o foco da minha investigação na procura de soluções para problemas atuais da nossa sociedade, como o aquecimento global ou a produção de energia limpa.”

Maria Beatriz Prior Pinto Oliveira

EU SOU FARMACÊUTICA

Desde que me conheço que me interesso pela qualidade dos alimentos e o seu efeito na saúde. Ao longo do meu percurso académico e profissional fiz trabalho nessa temática sempre com uma visão One Health (saúde, alimentação e sustentabilidade), procurando sempre que possível colaborar com a comunidade industrial e consumidores. Mais recentemente, a sustentabilidade alimentar e a valorização de subprodutos agroalimentares têm ocupado a minha atenção.

Sónia Carabineiro

EU SOU QUÍMICA

Sou licenciada em química aplicada e doutorada em engenharia química. A minha investigação centra-se no desenvolvimento de catalisadores eficientes e recicláveis para reações de oxidação com interesse industrial e ambiental, tais como materiais de carbono nanoestruturados, óxidos metálicos mistos, complexos metálicos heterogeneizados e nanopartículas. Tento usar condições suaves de pressão e temperatura, solventes verdes, evitar a produção de resíduos tóxicos e minimizar o consumo de energia.

Susana Soares

EU SOU BIOQUÍMICA

A bioquímica está presente em toda a nossa vida e interação com o mundo. São inúmeros os fenómenos bioquímicos por trás da apreciação de um copo de vinho ou de um pedaço de chocolate. Numa época em que a transição para um sistema alimentar mais saudável, sustentável e natural é uma prioridade, o meu percurso de investigação tem sido impulsionado pela colaboração com a indústria alimentar com o intuito de compreender e modular o sabor dos alimentos, contribuindo para tornar mais apetecíveis os alimentos saudáveis.

Fotografias: Diana Tinoco e Alípio Padilha
Fonte: Ciência Viva